31/10/2020

O Ministério Público do Amazonas ingressou na Justiça com pedido de Lockdown por um período inicial de 10 dias.

Onze promotores de justiça assinam a petição para que a Justiça determine que Estado e Município promovam a suspensão total de atividades não essenciais, o chamado lockdown.

No documento, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), relata que a medida mais drástica, é a única capaz de reduzir o número de mortos no Amazonas.

Nesta terça-feira, o Estado registrou o maior número de casos em um único dia, desde o início da pandemia. Foram mais 867 casos de Covid-19 e 65 óbitos. agora, o Estado totaliza 8.109 casos confirmados da doença e o número de mortes sobiu para 649.

Na ação, o MP pede ainda que a Justiça determine que o Estado e o Município de Manaus, promovam o bloqueio total num prazo de 24 horas, sob pena de 100 mil reais diários. O Lockdown seria por um período de 10 dias inicialmente podendo ser renovado a depender de nova decisão judicial.

A petição foi direcionada para o plantão judicial que pode decidir sobre o caso a qualquer momento.

Nenhum comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *