28/11/2021

Ses admite 3a onda em janeiro no AM

Imagem: Ses

O secretário de estado de saúde do Amazonas, Anoar Samad, já admite a possibilidade da terceira onda da covid-19 no Amazonas no mês de janeiro de 2022. Mesmo depois de inúmeros mutirões em parceria com os municípios do interior e na capital, o Estado ainda concentra meio milhão de pessoas com o esquema vacinal incompleto. São pessoas que tomaram a primeira dose da vacina e não retornaram para concluir o ciclo. Desse total, mais da metade está na capital (257 mil) e o restante espalhado pelos municípios. “Se continuar assim podemos ter a segunda onda da covid-19 em janeiro de 2022”, afirmou o secretário.

Outro dado que causa preocupação nas autoridades é a incidência da variante Delta que se tornou predominante no Amazonas, e corresponde a cerca de 89% dos casos da doença no estado, de acordo com estudo do Instituto Leônidas Maria Deane – Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Amazônia).

Nesta quarta-feira (27), a Secretaria de Estado de Saúde e a Fundação de Vigilância em Saúde emitiram um comunicado de risco aos municípios sobre a predominância da variante.

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *