01/07/2022

SEC passa a cobrar R$ 1.000,00 por ensaio fotográfico no Teatro Amazonas.

Uma determinação da Secretaria de Estado de Cultura – SEC, tem tirado o sono de fotógrafos e produtoras de vídeos de Manaus.

A partir de agora, ensaios fotográficos no interior do Teatro Amazonas, só serão permitidos mediante pagamento de taxa de R$ 1.000,00 (Mil Reais). O valor da direito a duas horas de ensaio.

O Portal FM teve acesso a solicitações recentes de noivas (que não terão os nomes relevados para evitar represálias) e, nos documentos emitidos na última sexta-feira, dia 22, a SEC estabelece como cláusula indispensável para a permissão, o pagamento da referida taxa. Veja:

Fotógrafos ouvidos pela reportagem não pouparam críticas: “A determinação não seguiu nenhum critério legal, muito menos passou pela assembleia legislativa em formato de proposta de lei já que o local é público”, desabafou o fotógrafo Márcio Benchimol.

“Isso vai simplesmente limitar a atividade profissional que hoje já não conta com muitos espaços em área urbana. Nossas fotos viajam o mundo divulgando o nosso teatro e a nossa terra, mas agora isso vai acabar”, destacou o fotógrafo Francisco Araújo.

Ensaio no Teatro Amazonas, taxa dá direito a duas horas de ensaio – Foto Francisco Araújo.

Em nota, a Secretaria de Estado de Cultura- SEC, informa que “a cobrança de valores para fotografias e filmagens particulares no Teatro Amazonas atende à estratégia para criação de fluxo de caixa para o equipamento cultural da SEC, a fim de garantir a manutenção dos espaços, como acontece em grandes centros urbanos brasileiros. O modelo de autogerenciamento de espaços é uma forma de atualização da gestão pública da cultura, com a garantia do uso do recurso arrecadado na valorização do patrimônio público.”

O certo é que com a cobrança, que chega a ser o valor de um álbum impresso, já apresenta reflexos negativos, como: a desistência dos ensaios fotográficos no Teatro Amazonas, o principal cartão postal da cidade. Até quem já havia agendado, está preferindo mudar de ambiente para fugir do pagamento da taxa.

Fotógrafos de Manaus prometem mobilização para os próximos dias para tentar reverter a cobrança.

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.