07/12/2019

Piscinas naturais cravadas na rocha deixam turistas maravilhados a poucos quilômetros de Manaus.

Não há outro adjetivo se não paraíso. Os buracos cravados no chão, em área de rocha, levaram milhares de anos para serem formados.

Eles ficam visíveis durante um curto período do ano quando os rios estão com os níveis baixos.

São cerca de 10 piscinas naturais a poucos metros de uma cachoeira conhecida como Mutum em Presidente Figueiredo no Amazonas.

Moradores de Manaus e municípios da Região Metropolitana tem descoberto essa beleza natural e passaram a visitar cada vez mais o lugar.

Veja a videorreportagem de Fábio Melo:

Ronaldo Oliveira veio para Manaus trabalhar numa fabrica do polo industrial. Aproveitou a folga para vir com um amigo e a namorada. Ficou surpreso com tanta beleza. “nos vimos uma foto no Instagram e ficamos curiosos em conhecer esse local. Realmente valeu a pena todo sacrifício de chegar até aqui”, destacou o industriário.

Mas nem tudo é uma maravilha. Tem a parte negativa que para quem não está acostumado, pode ser um problema.

Para chegar a cachoeira do Mutum é preciso percorrer 54 km pela rodovia AM-240, conhecida como estrada de Balbina e depois encarrar seis quilômetros de ramal no meio da floresta.

Como o terreno é particular, são cobrados R$ 10,00 por pessoa.

Pelo caminho muita lama, mas tem quem se aventure fazendo o trajeto a pé.

Para quem vai com criança o ideal seria fazer o percurso em carro alto. Carros sem tração nas quatro rodas chegam normalmente se não chover durante o percurso.

No complexo de piscinas naturais não há nenhum tipo de acompanhamento de salva-vidas e nem há onde comprar bebidas ou alimentos. É preciso levar tudo que você vai consumir. “É o ponto que precisa melhorar. Se quiser comprar uma água você não compra. Os donos do local se tivessem um pouco mais de visão, fariam o mínimo de investimento para que o turista viesse conhecer e voltasse”, destacou Ronaldo Oliveira sobre o ponto negativo do atrativo turístico.

A Cachoeira do Mutum na estrada de Balbina em Presidente Figueiredo é um lugar mágico, mas que precisa de um pouco mais de carinho para que o turista saia ainda mais impressionado.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *