14/07/2024

Expopin: Adaf atua na fiscalização e realiza palestras sobre defesa animal e vegetal

         

Em Parintins, além de fazer uma avaliação prévia da estrutura do local, a Adaf acompanha toda a movimentação dos animais durante o evento

 

Com duas palestras e fiscalização do ambiente para garantir a sanidade e bem-estar dos animais, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) vai participar da 37ª Exposição Agropecuária de Parintins (Expopin), que acontecerá, de 8 a 12 de novembro, no Parque de Exposições Luiz Lourenço de Souza, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus).

Antes mesmo do início da Expopin, servidores da autarquia – que é responsável pela liberação e fiscalização de eventos agropecuários no estado – estiveram presentes no Parque de Exposições para conferir a estrutura do local. A atuação da agência tem como objetivo garantir a sanidade e o bem-estar animal, além de observar o atendimento dos requisitos sanitários, garantindo a rastreabilidade dos animais e a prevenção da disseminação de doenças.

A estimativa é que 350 animais participem da Expopin. Na manhã de hoje (07/11), servidores da Adaf fiscalizaram a entrada dos animais no Parque de Exposições Luiz Lourenço de Souza. Ontem (06/11), o local passou pelo último levantamento de infraestrutura. “Todas as orientações foram atendidas e os animais já poderão entrar no parque, a partir de amanhã, das 6h até as 18h, durante todos os dias de evento”, afirmou a médica veterinária responsável técnica pelo evento, Huanna Azêdo.

Além de fazer uma avaliação prévia da estrutura do local, a Adaf acompanha toda a movimentação dos animais durante o evento, realizando, em todos os dias de atividades, vigilância ativa, conferindo diariamente a entrada e saída para que não haja inserção de animais sem a documentação exigida.

Nesta edição, a agência também participará do evento com duas palestras. Na sexta-feira (10/11), das 8h às 9h, o fiscal agropecuário médico veterinário Heuder Fábio Mendes da Costa falará sobre raiva animal (transmissão, sintomas e controle); em seguida, das 9h às 10h, a engenheira agrônoma Valéria Cristina de Paula Ferreira vai abordar a defesa sanitária vegetal: um enfoque sobre a Mosca-da-Carambola e Monilíase do Cacaueiro.

 

 

Fonte: Adaf

Foto: Divulgação

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *