21/02/2024

Equipes de saúde fortalecem ações de sensibilização para reduzir vulnerabilidade às ISTs no Carnaval

         

Desde o início de fevereiro, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), está intensificando ações de educação em saúde para orientar a população sobre as formas de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). A programação é realizada em locais de grande circulação de pessoas como feiras, terminais de ônibus, escolas e nas próprias unidades da rede de atenção primária.

Nesta sexta-feira, 9/2, equipes das Unidades de Saúde da Família (USFs) Mauazinho e Luiza do Carmo, que ficam na área de abrangência do Distrito de Saúde (Disa) Leste, realizaram ações de prevenção para o Carnaval. Além de percorrer as ruas das comunidades, distribuindo folders e preservativos, o trabalho de sensibilização também foi realizado junto aos motoristas que trafegavam por aquela área e ao público que foi ao porto da Ceasa pela manhã.

Na quinta-feira, 8/2, as ações haviam se concentrado no Terminal de Ônibus 4 (T-4), localizado na zona Leste, onde as equipes realizaram ações de abordagem e oferta de preservativo ao público circulante.

Outra frente de trabalho aconteceu na Unidade de Saúde da Família (USF) Ajuricaba, localizada no bairro Alvorada, na zona Oeste, onde o tema foi discutido em rodas de conversa e palestras na sala de espera para reforçar o papel da proteção com uso de preservativos internos (para as mulheres) e externos (para os homens).

A diretora da unidade USF Ajuricaba, Nair Costa, informou que, tanto na roda de conversa quanto na palestra realizada pelos profissionais de saúde da unidade, o público foi bastante receptivo e pôde esclarecer dúvidas a respeito das ISTs e HIV.

“Esse trabalho de sensibilização foi conduzido de forma sensível e respeitosa junto ao público, que muitas vezes fica envergonhado, porque há uma série de estigmas envolvendo as ISTs e o HIV. Mas conseguimos abordar o tema enfocando a importância de não se expor, garantindo proteção para si e para os outros”, explicou Nair.

No último sábado, 3/2, os servidores da saúde atuaram nas duas noites do desfile das escolas de samba no Centro de Convenções de Manaus, o sambódromo, na zona Centro-Sul, com oferta de preservativos e de autoteste do HIV.

O trabalho de sensibilização também contou com orientações sobre as situações em que a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) e Pós-Exposição (PEP) devem ser utilizadas.

Ao longo da programação no sambódromo, 47 autotestes para detecção do HIV foram distribuídos 28 mil caixas de lubrificantes, além de 197 mil preservativos, sendo 190 mil masculinos e 7 mil femininos.

 

Fonte: Semsa

Foto: Divulgação

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *