21/05/2024

Dia Nacional de Luta contra Queimaduras: HPS 28 de Agosto alerta para importância da prevenção

         

Até maio de 2023, foram atendidos no hospital 68 pacientes com queimaduras de 2° e 3º graus

 

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), por meio do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, faz um alerta para a importância da prevenção às queimaduras no Dia Nacional de Luta Contra as Queimaduras, celebrado neste dia 6 de junho. A Unidade tem um Centro de Tratamento de Queimados (CTQ), que atende, por ano, uma média de 150 pacientes, sendo as causas mais comuns explosão por gasolina, água quente, choque elétrico, queimaduras por álcool e óleo quente.

A diretora geral do HPS 28 de Agosto, Júlia Marques, faz um alerta à população sobre os cuidados para evitar que acidentes dessa natureza aconteçam, levando em consideração, inclusive, o período dos festejos juninos.

“O cuidado é essencial para prevenir os casos de queimaduras, especialmente durante este período de festas juninas, em que muitas brincadeiras e celebrações envolvem fogueiras e artefatos explosivos, como por exemplo, fogos de artifícios. Então o cuidado e a atenção são indispensáveis para garantir a segurança de todos, principalmente das crianças”, ressaltou.

A Coordenadora de Cirurgia Plástica do CTQ, médica Luciane Sayuri, enfatiza que os acidentes podem ser evitados e que a campanha deve ser constante.

“O combate é diário, os acidentes acontecem todos os dias, principalmente com crianças e pessoas idosas, além de acidentes de trabalho, principalmente com rede elétrica, por isso, é importante a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Esses acidentes, em sua maioria são evitáveis, então a conscientização para evitá-los seria a melhor campanha que poderíamos fazer não só no dia 6, mas todos os dias”.

O HPS 28 de Agosto dispõe no CTQ de 4 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 2 leitos de isolamento, na enfermaria, são disponibilizados 6 leitos femininos e 6 leitos masculinos, totalizando 18 leitos. Até maio de 2023, foram atendidos no hospital 68 pacientes, com queimaduras de 2º. e 3º. graus.

“Tratamos de pacientes adultos, com uma equipe composta por multiprofissionais, com médicos intensivistas em plantão 24h, cirurgiões plásticos todos os dias, suporte de Enfermagem, Comissão de Curativos, Fisioterapia, dentre outros”, explica o médico Wilson Filho, que coordena a UTI do HPS 28 de Agosto.

O que fazer quando houver queimaduras

De acordo com os profissionais da unidade, a vítima deverá resfriar a área afetada com água limpa e corrente em temperatura ambiente, cobrir a área com pano limpo, evitar passar pomadas, creme dental ou produtos caseiros, para evitar as chances de infecção e retirar acessórios como pulseiras e anéis. Importante também manter crianças, idosos e pessoas com limitações, longe da cozinha ou instalações de gás e elétricas para evitar queimaduras por acidentes domésticos.

Atendimento

Nos casos mais simples, a vítima de queimadura deve se dirigir a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Serviço de Pronto Atendimento (SPA) mais próximo para realizar uma avaliação e receber cuidados como curativos e orientações. Nos casos mais graves e que exijam internação hospitalar, a vítima é encaminhada ao CTQ. “Para não sobrecarregar as unidades, devemos seguir o fluxograma de primeiramente procurar a Unidade Básica. O CTQ não é local de avaliação inicial e sim para internação quando necessária. Deve-se procurar Posto de Saúde, UBS ou SPA ou, se for mais grave, o Pronto Socorro mais próximo do local onde aconteceu o acidente”, lembra a coordenadora do CTQ.

Se for de maior gravidade, como queimaduras associadas a desmaios, convulsões, lesões mais graves e perda de membro, a pessoa deve acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levará a vítima ao Pronto Socorro mais próximo, onde passará por avaliação e após a sua estabilização, o paciente é internado e transferido para o CTQ, onde os casos mais graves são encaminhados para tratamento clínico e cirúrgico.

A Diretora do HPS, Júlia Marques também reforça que o CTQ do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto atende apenas adultos, e que casos envolvendo crianças devem ser direcionados a outras unidades médicas, “Crianças com queimaduras devem ser levadas à UBSs, SPAs ou, se for o caso, ao Pronto Socorro da Criança – Zona Sul”.

Fonte: SES-AM

Foto: Divulgação

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *