01/07/2022

Cúpula da FDN movimentava 2 milhões por mês e mantinha apartamento para contabilidade do lado de delegacia no Parque 10.

Os quatro integrantes da cúpula da FDN foram presos em uma chácara de luxo por quilômetro 60 da rodovia AM 10.

Piscina, área de lazer e campo de futebol e uma caixa d’água entupida de cerveja para uma reuniãozinha com os amigos.

Os preços são Alan Sérgio Martins Batista de 33 anos, Édson Benedito da Silva de 44 anos, Josué Moraes de Almeida de 29 anos e Messias Rocha de Araújo de 20 anos.

Segundo o delegado Cícero Túlio titular do 23º Distrito Integrado de polícia, Alan e Josué são os líderes atuais da facção criminosa que atua no Estado. Audaciosos, eles estavam sempre próximos aos polícias.

Durante as investigações, os policiais do 23º distrito Integrado de polícia descobriram que os bandidos mantinham um apartamento nas proximidades da delegacia que funcionava como escritório de contabilidade. No caderno apreendido por eles, consta cerca de 2 milhões de movimentação financeira, 600 mil só de lucro.

O delegado Cícero Túlio acrescentou ainda que Josué tinha mandado de prisão em aberto por homicídio. Alan, Édson e Josué também tinha passagem pela polícia por envolvimento com tráfico de entorpecente.

Eles foram autuados em flagrante por associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A polícia já sabe que mesmo com a prisão dos cabeças da facção, novos líderes surgiram. Será preciso manter a atenção dobrada para combater o crime.

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.