21/05/2024

Candidatos ‘mudam de cor’ após regra que aumenta verba a partidos com candidatos negros

         

Um grupo de candidatos em toda Brasil mudou de cor ao disputar a eleição deste ano. Em 2018, eles se declararam brancos e, em 2022, se apresentaram à Justiça Eleitoral como pardos.

Essa mudança influencia o repasse de recursos públicos para os partidos no ano de eleição. As legendas dividem o fundo eleitoral e o tempo de TV para propaganda de forma proporcional entre negros (pardos e pretos) e brancos.

Entre os candidatos, está o senador Eduardo Braga do MDB que disputa o cargo de governador do Amazonas nas eleições deste ano.

Até a eleição passada, Braga se declarava branco. Agora, conforme pedido de retificação, ele sustenta ser pardo. Conforme documentos que constam no site do TSE.

Outra regra, aprovada pelo Congresso em 2021, vai aumentar a quantidade de verba para partidos com candidatos negros que obtêm mais votos para deputado. A votação neste grupo vai contar em dobro na distribuição do Fundo Partidário e do fundo eleitoral até 2030.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *