04/07/2022

Após praticar assalto, homem vai a delegacia dizer que se arrependeu.

Uma ocorrência no mínimo inusitada foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia na Cidade Nova. Um homem até agora identificado como Parleison, foi até a delegacia, confessou o crime e disse ter se arrependido.

Ele disse que participou de um assalto a uma auto escola em outubro deste ano. Desde lá, o assaltante arrependido, disse que tudo deu errado na vida dele. A mulher foi embora de casa e o filho ele não via há mais de 45 dias. “Eu só quero voltar a vida de antes. Não quero mais a vida de crime”, disse o homem ao delegado Jeff MacDonald.

Após averiguar todos os fatos, o delegado confirmou que o homem realmente esteve envolvido no assalto a auto escola Nelly nas proximidades do T3 na Cidade Nova. Na ocasião, levaram dois mil reais do caixa e vários aparelhos celulares de funcionários do estabelecimento e de clientes.

Também se confirmou que Parleison não tem antecedentes criminais.

O homem afirmou em depoimento que resolveu cometer o crime porque estava passando dificuldades em casa e queria comprar comida para o filho.

Arrependido ou não, o delegado disse que vai pedir a prisão preventiva do acusado.

Ouça o que disse o delegado Jeff MacDonald, titular do 6° Dip:

A situação inusitada chamou a atenção de policiais experientes. “Eu acredito que é possível que alguém se arrependa dos seus atos e volte a viver em sociedade,” disse um investigador que preferiu não ter o nome revelado.

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.