20/04/2024

Adjuto Afonso solicita crédito extra da Afeam para auxiliar comerciantes da região da BR 317 que estava bloqueada

         

Comerciantes tiveram altos prejuízos com o bloqueio da rodovia e ainda tiveram mercadorias perdidas em barco fretado que naufragou fazendo o transporte

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado Adjuto Afonso (União Brasil) falou sobre o desbloqueio da BR 317, que aconteceu no fim de semana passado, ação acompanhada pelo parlamentar e outras autoridades. Por conta dos prejuízos causados pelo tempo de bloqueio da rodovia, comerciantes de municípios da região tiveram altos prejuízos, o que levou o deputado a solicitar da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), um crédito extra para auxiliar o setor.

O parlamentar já havia feito apelos ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e também ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para que chegassem a um acordo junto aos indígenas. O bloqueio da estrada resultou no desabastecimento de produtos essenciais para moradores de Boca do Acre (a 1,5 km de Manaus) e Pauini (a 924 km de Manaus).

“Depois de vários pronunciamentos que fiz nesta Casa sobre esse bloqueio, porque essa interdição da BR 317 estava um caos, os municípios já estavam desabastecidos de gás, combustível, alimentos, produtos em geral, que vêm do Estado do Acre. Boca do Acre e Pauini dependem dessa estrada para esse abastecimento”, disse o deputado.

A ação teve a participação de vários atores para que pudesse ser solucionada, o deputado Adjuto agradeceu o esforço de cada um deles. “Agradeço ao deputado federal Átila Lins (PSD), que intercedeu junto aos ministérios, ao DNIT, ao Ibama, tanto que os superintendentes foram participar da audiência pública, onde chegamos a um acordo e a estrada foi desbloqueada. Agradecer ao governador Wilson Lima (União Brasil), que nos deu todo o apoio logístico para o deslocamento até a área da audiência, que culminou com a assinatura de um documento para que fosse feito de imediato a recuperação daquele trecho crítico da estrada”, ressaltou deputado.

Barco naufraga e mercadorias são perdidas

Por conta do bloqueio, comerciantes de Pauini contrataram uma embarcação para transportar produtos de abastecimento via fluvial, porém, o barco que estava carregado de mercadoria naufragou na última quarta-feira (7), causando ainda mais prejuízos. “Como não tinha acesso, os comerciantes alugaram um barco e foram buscar mercadorias próximo a Rio Branco, no Acre, porém esse barco infelizmente naufragou e foi tudo perdido”, disse Adjuto Afonso.

Crédito extra da Afeam

O deputado Adjuto Afonso encerrou o pronunciamento fazendo um apelo à Afeam para que a agência faça empréstimos de imediato aos comerciantes de Pauini que perderam as mercadorias no naufrágio e para os de Boca do Acre que ficaram desabastecidos de produtos para vender. “Já pedi a relação desses comerciantes para que a Afeam consiga um capital de giro e essas pessoas possam retomar a atividade em seus comércios”.

Estiveram presentes na audiência pública o prefeito de Boca do Acre, Zeca Cruz, vereadores, lideranças do município, além dos órgãos estratégicos para que se resolvesse a situação. O superintendente do DNIT no Amazonas, Luciano Moreira; superintendente do Ibama no Amazonas, Joel Araújo; superintendente do Ibama do Acre, Melissa de Oliveira; e, o coordenador geral da Funai do Alto Purus, Junior Manchineri.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Adjuto Afonso

Foto: Ney Xavier

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *