16/07/2024

VII Seminário de Metais e Percussão do Amazonas vai até 25/05

         

As atividades reúnem músicos nacionais

 

A sétima edição do Seminário de Metais e Percussão do Amazonas (VII Sempeam), realizada pela Escola superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Esat/UEA), vai até sábado (25/05).

O evento abrange todo o Amazonas, oferecendo oportunidades de aprendizado e networking por meio de masterclasses, recitais e palestras conduzidas por especialistas nacionais. As atividades acontecem na Esat/UEA, localizada na avenida Leonardo Malcher, 1.728, Praça 14 de Janeiro, e conta com apresentações diversas, das 9h às 18h30.

“O VII Seminário de Metais e Percussão do Amazonas vem, realmente, firmar esse evento como o maior dessa categoria no Brasil. Os participantes poderão participar de atividades científicas, pedagógicas e artísticas com professores de grande renome nacional e internacional. No Amazonas, o trabalho com arte e música, em específico, é uma lacuna muito grande e, com isso, a gente preenche essa lacuna, dando a possibilidade de que os músicos emergentes e profissionais possam amadurecer e transformar o mercado de trabalho”, destacou o Prof. Me. Fábio Carmo, coordenador do evento.

“Temos grandes professores renomados aqui, hoje, dando palestras. Desde trombones, trompete, trompa, tubo e percussão. Esse evento é voltado a alunos e vamos ter outras programações, também, durante essa semana toda. Começa no domingo (19/05) e vai até sábado, com o grande encerramento. Inclusive, todos os professores estão distribuídos, em cada andar. Em cada auditório a gente tem um professor voltado a um instrumento”, disse Sebastião Williams, estudante de Licenciatura em Trombone.

As atividades serão transmitidas ao vivo pelo YouTube, por meio do canal do Lapeam, disponível em: https://www.youtube.com/@lapemesatuea. Confira a programação completa em: https://sites.google.com/uea.edu.br/sempeam/in%C3%ADcio/programa%C3%A7%C3%A3o?authuser=0.

Fonte: Assessoria de Imprensa da UEA

Foto: Divulgação

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *