04/07/2022

Universitários denunciam golpe que os deixaram sem a festa de formatura.

Representantes de turma alugaram carros para levar parte dos móveis que ficaram na empresa para tentar diminuir o prejuízo com o possível golpe.

A festa dos sonhos com direito a aula da saudade, baile, fotos e colação de grau. Tudo incluso no pacote contratado pelos formandos de vários cursos de universidades públicas e particulares de Manaus. O valor final pago pela turma de direito da Unip, por exemplo, ficou em R$ 180 mil. Mas, depois de três anos pagando as parcelas e há poucos dias da festa, a surpresa desagradável é que não haverá festa nenhuma!

“No final do ano de 2015, contratamos a empresa Carlitos Formatura para a realização de todos os eventos relacionados a formatura. O projeto era o “top” que a empresa ofertava, orçado em mais ou menos R$180 mil e a empresa nos parecia confiável. Entretanto, no início de abril de 2018, fomos surpreendidos com alguns processos judiciais onde relatavam que a empresa não estava entregando bailes de formatura na data aprazada sem nenhum aviso,” afirmou por escrito a representante da turma.

Nos últimos dias a situação se agravou com a descoberta de que o prejuízo pode ser ainda maior. Um vídeo gravado no fim de semana na sede da empresa Carlitos Formatura mostra que o local foi esvaziado e pegou até alguns funcionários de surpresa. Veja o relato:

Em outro relato, a representante de uma das turmas chama todos os alunos da faculdade para montar campana na frente da empresa até que uma solução fosse dada. Com o sumiço dos donos, a tentativa não obteve sucesso. Os formandos acionaram o 22º Distrito Integrado de Polícia para as investigações. Ouça o relato da representante da turma de Farmácia, da Unip, Valdemara Silva:

Resta aguardar o desenrolar das investigações e para quem ainda pensa em realizar baile de formatura, desconfie de mega produções com valores muito abaixo do mercado. Outra dica é não contratar todos os serviços de uma empresa só. “É importante diversificar, porque se uma empresa responsável pelo buffet não cumpri o contrato, por exemplo, ficará menos complicado arcar só com esse prejuízo do que com a festa toda,” destacou uma cerimonialista ouvida pela reportagem.

A reportagem não conseguiu contato com os representantes da empresa Carlito Formaturas.

Funcionários e formandos se desesperam ao perceber que foram enganados.

Reprodução do sonho vendido pela empresa na internet.

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.