20/10/2019

Polícia Militar realiza Operação Catraca para combater irregularidades nos “Amarelinhos” da zona Leste

Com o objetivo de reprimir roubos, furtos e coibir irregularidades na estrutura e documentação dos coletivos, evitando possíveis acidentes, a Polícia Militar do Amazonas por meio do Comando de Policiamento de Área Leste (CPA Leste), juntamente com agentes da Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) realizou, na manhã desta terça-feira (10), a “Operação Catraca” em coletivos alternativos “Amarelinhos” na zona Leste da capital.

De acordo com dados estatísticos, de janeiro a agosto, as ações desenvolvidas pela Polícia Militar já reduziram aproximadamente 40% dos crimes dessa natureza.

O comandante do CPA Leste, Tenente Coronel PM Cledemir Silva, que coordenou a operação disse que já vinha recebendo muitas denúncias de usuários informando sobre irregularidades cometidas pelos motoristas. “São muitas denúncias sobre as irregularidades de alguns motoristas dos amarelinhos. Eles não respeitam as leis de trânsito, fazem manobras arriscadas, colocando em risco a vida de todos os usuários e de populares que utilizam essas vias da zona Leste para ir trabalhar”, disse.

O coronel disse também que as irregularidades são muitas e que já houve casos em que um foragido da justiça estava dirigindo um micro-ônibus desses. “Muitos desses motoristas, não tem nem habilitação de nenhuma categoria, imagina para transportar passageiros”, revelou.

A operação, que foi montada na Alameda Cosme Ferreira, Zumbi dos Palmares, proximidades do Terminal 5 (T5) na zona Leste, iniciou por volta das 9h e durou toda manhã. Para o coordenador da operação, os maiores prejudicados são os usuários, que agradecem e contribuem com o trabalho da polícia. “A população apóia o nosso trabalho e nos ajuda muito realizando denúncias. A Polícia Militar vai continuar trabalhando para manter a ordem e preservar a vida dessas pessoas que utilizam esse tipo de serviço” concluiu Cledemir.

O Chefe de fiscalização do IMMU, Whashigton Amorim, afirmou que ações de parceria com a Polícia Militar vão continuar, e isso tem gerado resultados positivos. “Nossa intenção é sempre buscar meios de um transporte mais seguro e eficaz a população e fazer essas blitz, fiscalizando documentos, a higienização e estruturas dos veículos podem contribuir para uma qualidade melhor no transporte público” afirmou Amorim. Segundo ele mais de 120 micro-ônibus foram abordados e mais de 450 pessoas foram abordadas, 1 micro-ônibus foi apreendido por irregularidades em pneus.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *