21/04/2024

Governo do Amazonas apresenta planejamento para 56º Festival Folclórico de Parintins

         

Na oportunidade também foram dados detalhes sobre a Festa dos Visitantes

O Governo do Amazonas apresentou, nesta terça-feira (06/6), o planejamento das ações para a realização do 56º Festival Folclórico de Parintins, que este ano terá a Cultural, o Turismo e a Sustentabilidade como os pilares principais, além de ações voltadas para a segurança dos turistas que estarão na cidade, com a fiscalização de embarcações e o combate à violação de direitos humanos.

O Governo do Estado anunciou, ainda, a realização da Festa dos Visitantes Parintins 2023, evento que antecede a abertura do festival e que acontecerá, pela primeira vez, no Bumbódromo, no dia 29 de junho, a partir das 19h, e que terá como atrações principais as cantoras Ludmila e Simone Mendes. A Festa dos Visitantes contará com o patrocínio da empresa Eneva.

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, ressaltou o trabalho integrado empenhado pelo Governo do Estado para a realização da festa.

“A orientação do Governador Wilson Lima é que a gente trabalhe nessa ação integrada para assegurar, não só um grande espetáculo, mas, acima de tudo, possamos receber bem as pessoas que vão para Parintins, assegurando a elas saúde, segurança e toda uma questão relacionada a preservação do meio ambiente”, disse o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.

Para reforçar o policiamento durante o evento, mais de 1.050 servidores da Secretaria de Segurança Pública estarão na cidade, entre policiais militares, policiais civis, agentes do Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), que começam a desembarcar na ilha a partir do dia 24.

Além do efetivo, serão instaladas Plataformas de Observação Elevada (POEs) e câmeras de monitoramento 24h na cidade, além de câmeras de reconhecimento facial nas entradas do bumbódromo. A partir do dia 27/06, a SSP vai iniciar as atividades do Centro Integrado de Comando e Controle Local (CICC-L). O centro tem como objetivo reunir e alinhar estratégias com todos os órgãos durante os três dias de espetáculo.

“Importante destacar que, além das operações que vão ser desencadeadas dentro do município para prover a segurança, também iremos fazer operações de fiscalização nos eventos que estarão acontecendo para verificar o cumprimento de todos os requisitos de segurança”, afirmou o secretário de Segurança Público, general Carlos Alberto Mansur.

Cultura fortalecida
A Secretária de Cultura e Economia Criativa, além de ser responsável pela infraestrutura dos três dias de espetáculo, também terá uma série de atividades para o público ao longo do dia. Arrastando a multidão, o Trio Panavueiro segue para o seu segundo ano de realização. O projeto vai percorrer as principais ruas da ilha com shows musicais. Outro sucesso da temporada bovina é a visitação guiada ao Centro Cultural de Parintins, Bumbódromo. Com este propósito, o espaço funciona do dia 28 de junho a 2 de julho, das 9h às 12h.

Turismo e Sustentabilidade
De acordo com dados da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), o 56º Festival de Parintins deve movimentar, este ano, cerca de R$ 120 milhões na economia da Ilha Tupinambarana e municípios do entorno.

“Esse ano já temos uma estimativa de um aumento de 10% no público que vai à ilha. Esse faturamento, essa injeção na economia de maneira direta, deve aumentar chegando a aproximadamente R$ 120 milhões, o que não é apenas singular em Parintins. Todo o baixo Amazonas se beneficia antes, durante e depois do Festival”, acrescentou o presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio.

A Amazonastur vai desenvolver uma série de ações na cidade. Entre elas está a reforma e pintura dos triciclos utilizados no transporte dos visitantes, além da entrega de uniformes para os tricicleiros associados, além de entrega de infraestrutura turística, qualificação dos profissionais que atuam no setor.

A Amazonastur também vai reeditar o Turistódromo, que já havia funcionado no ano passado, e a inédita Praça Gastronômica.

Já a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) vai desenvolver uma série de ações ambientais, com o Projeto “Recicla, Galera”, realizado em parceria com a Coca-Cola Brasil. O objetivo da ação é promover um Festival mais sustentável, incentivando a destinação correta dos resíduos recicláveis e a geração de renda para a Associação de Catadores de Parintins (Ascalpin). Em sua 2ª edição, o “Recicla, Galera” deste ano vai expandir a iniciativa para outros espaços da cidade, tornando a reciclagem uma parte integrante da festa, tanto dentro quanto fora do bumbódromo.

“A ideia é que a gente possa reunir, não só atividades de promoção da educação ambiental, de sensibilização a respeito da destinação adequada, mas dotar todo o município de infraestrutura para permitir com que o visitante consiga fazer a destinação adequada desse resíduo”, pontuou o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Taveira.

Combate à exploração sexual
Além dessas ações, o Governo do Amazonas também atuará em outras frentes, como o social, com o enfrentamento à exploração sexual que contará, pela primeira vez, com a participação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). Serão realizadas ações para um turismo seguro por meio de abordagens, identificação e soluções de casos.

A Sejusc também realizará a campanha “Boi-bumbá para todos” para informar e prevenir violações de direitos humanos, com foco na população LGBTQIAPN+, crianças e adolescentes, mulheres, e pessoas com deficiência (PCDs).

Outras ações
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) disponibilizará três ambulâncias para potencializar os atendimentos de saúde. Os veículos ficarão no aeroporto, em pontos de aglomeração e para apoio ao Corpo de Bombeiros. Além disso, unidades de retaguarda com equipes médicas e ambulâncias estarão à disposição no Balneário Cantagalo, UPA Parintins e no bumbódromo, no período noturno. Também será reforçado o quantitativo de insumos e medicamentos para atender à demanda no período do Festival.

A fiscalização do transporte hidroviário intermunicipal entre Manaus e Parintins também terá reforço, com ação da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), que vai intensificar a fiscalização do serviço nos portos das duas cidades. O reforço na fiscalização terá início na semana anterior ao evento e seguirá até 3 de julho.

 

 

Fonte: Secom

Foto: Alex Pazuello

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *