02/07/2022

Filmagem revela que atropelamento de idosa pode ter sido criminoso.

A filmagem de um sistema de segurança, revelou que a morte da idosa Raimunda Martins de Oliveira, 62, no último domingo, 12, foi bem mais do que uma fatalidade no trânsito. Na verdade, há indícios de crime por parte do motorista do coletivo da linha 088, que mesmo vendo a mulher, fechou a porta e arrancou propositalmente.

O pior, é que mesmo sendo alertado do ocorrido, continuou trafegando. Só parou por que um motociclista e a própria polícia o obrigaram.

A cena mostra a mulher aguardando o ônibus apoiada em uma muleta que usava para se locomover. Quando o ônibus chega, para em cima da faixa de pedestres, cerca de 2 metros a frente de onde a idosa estava. Duas pessoas descem do coletivo e quando a mulher tenta embarcar, o motorista simplesmente fecha a porta e sai arrancando. A mulher se desequilibra e cai de baixo da roda, morrendo no local.

veja:

No primeiro momento, a empresa Global Green publicou uma nota afirmando que o motorista não teve culpa. Que o mesmo já tinha terminado o embarque quando a idosa tentou correr para pegar o ônibus. Após as imagens, a empresa mudou o discurso e informou que demitiu o motorista.

Agora que a verdade apareceu, é mais provável que a justiça seja feita. Nada mais justo do que o verdadeiro culpado seja punido. Até o momento, o motorista foi ao 14o Dip, prestou depoimento e foi liberado. Lamentável!

 

Nenhum comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.