12/04/2024

Em atenção a requerimento de Roberto Cidade, agricultores de Santo Antônio do Matupi devem ser beneficiados pelo Governo do Estado

         

De forte identificação com Manicoré (distante 332.08 km de Manaus), o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado estadual Roberto Cidade (UB), apresentou o requerimento nº 139/23 ao Governo do Estado, solicitando melhorias para os produtores rurais do Distrito de Santo Antônio do Matupi, localidade desse município do Madeira.

Entre as demandas apresentadas estão a necessidade de aumento no número de veículos do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM) em Santo Antônio do Matupi; a resolução de problemas recorrentes com o Cartão do Produtor Rural e a necessidade de oferta de cursos de capacitação para os agricultores.

“Santo Antônio de Matupi possui uma das economias mais estruturadas do Vale do Rio Madeira, com base na exploração madeireira, criação de gado e produção agrícola cuja arrecadação mensal corresponde a 58% da receita de Manicoré. E, embora o trabalho do IDAM esteja sendo importante para o desenvolvimento da atividade agropecuária na região, algumas dificuldades têm sido enfrentadas pelos produtores rurais que requerem atenção do Poder Público”, afirmou.

Diante das demandas apresentadas pelo deputado presidente, o IDAM, por meio do diretor presidente, Daniel Pinto Borges, informou no Ofício nº 53/23 que vem “trabalhando na busca de alternativas para sanar a deficiência de automóvel na unidade de Santo do Antônio de Matupi”. Quanto ao Cartão do Produtor Rural, informou que as inscrições/renovações do cartão já são realizadas em formato digital, tanto na parte de inclusão de documentação do produtor quanto no envio do cartão aos beneficiários e que a Secretaria de Fazenda (Sefaz) está “realizando as adequações necessárias no sistema para a realização dos novos procedimentos”.

Com relação aos cursos de capacitação, o IDAM informou que oferta a agricultores familiares/produtores rurais e aos técnicos, diversas capacitações, entre elas: boas práticas de cultivo da banana; tecnologia de uso correto e seguro de agrotóxicos; inseminação artificial em bovinos; crédito rural; metodologia participativa; licenciamento ambiental; irrigação; produção de silagem; pecuária em sistema de pastejo rotacionado; mecanização agrícola e manutenção de tratores com seus respectivos implementos; associativismo e cooperativismo; e gestão, liderança e políticas públicas de incentivo à produção rural.

“A natureza da atividade agropecuária requer conhecimento a respeito de determinados assuntos. Por isto, capacitar os agentes envolvidos na atividade resultará em importantes avanços no que diz respeito às normas ambientais. Além do IDAM, é de interesses dos produtores rurais que sejam estabelecidas parcerias com o Cetam e/ou com a UEA, tendo em vista o know-how que essas instituições possuem”, disse o parlamentar.

Outra questão sensível aos moradores de Santo Antônio do Matupi, e que foram apresentadas pelo parlamentar, é quanto à necessidade de desenvolvimento de um projeto de superação de passivos ambientais.

A isso, a direção do IDAM respondeu que vem atuando na busca de alternativas para realizar a regularização ambiental dos agricultores familiares da região do Sul do Amazonas. Informou ainda que, recentemente, em parceria com IPAAM, SEMA, INCRA e a Prefeitura de Manicoré, foi realizado, no período de 20 a 24 de março de 2023, um mutirão de retificação de Cadastro Ambiental Rural – CAR, com objetivo de sanar problemas de passivos ambientais e outras atividades inerentes a regularização ambiental dos agricultores familiares do Distrito de Santo Antônio do Matupi.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Roberto Cidade

Foto: Divulgação 

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *