20/04/2024

Câmara Cidadã: segunda edição aproxima parlamento municipal da população da zona sul

         

A segunda edição da Câmara Cidadã, confirmada para os dias 31 de maio e 1º de junho, no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, levará serviços do parlamento municipal para os moradores da zona sul de Manaus.

Orientações sobre a Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Manaus (CMM), atendimentos jurídicos, Ouvidoria da CMM, gabinetes rotativos e um plenário para a realização de tribuna popular farão parte da programação.

Com a ação itinerante, os departamentos da Câmara Municipal podem se aproximar da comunidade, visualizar e atender, de forma mais objetiva, os anseios da população, a exemplo do que foi feito na primeira edição do projeto, nos dias 30 e 31 de março, na zona leste da capital.

“A Câmara Municipal é a caixa de ressonância da população e nada é mais eficaz do que ouvir essas demandas in loco, olhando para as pessoas e vendo de perto o que pode ser melhorado. Nós conseguimos fazer isso na primeira edição e vamos manter essa postura de diálogo na próxima Câmara Cidadã, junto às lideranças comunitárias e das pessoas que vivem na região”, afirmou o presidente da CMM, vereador Caio André (PSC).

De acordo com o diretor da Escola do Legislativo vereadora Léa Alencar Antony, Maurício Brilhante, é essencial que os serviços da Casa Legislativa sejam descentralizados por meio de ações como a Câmara Cidadã.

“No nosso caso, a Escola é um serviço que já existe na Câmara, é interno, mas que também aborda e atinge pessoas que não são da CMM. Nós estaremos lá apresentando os nossos cursos, fazendo a orientação. Muitas vezes a pessoa tem uma vocação, um interesse, e ela quer entender para qual curso está mais apta. A nossa equipe vai estar lá instruindo como se cadastrar nas plataformas e quais cursos seriam mais interessantes”, destacou Maurício.

O coordenador da Ouvidoria da CMM, Thiago Botelho, acrescenta que a resposta da população sobre a primeira edição foi positiva. Na ocasião, segundo ele, o departamento registrou sete atendimentos sobre questões diversas, envolvendo reclamações e sugestões. Para a segunda edição, ele afirma que o setor estará presente.

“Lembrando que a Ouvidoria não recebe só reclamação, recebe elogios, recebe todo tipo de notificação, e a partir dessa notificação a gente dá encaminhamento para o serviço e para o órgão competente. Quando a Câmara leva a Ouvidoria para esse projeto, nós inevitavelmente vamos para perto da população”, explicou Botelho.

*Câmara Cidadã* – Na segunda edição da Câmara Cidadã, a população vai ter à disposição 100 serviços, entre eles a presença de gabinetes rotativos para quem desejar tratar de questões diretamente com os parlamentares da 18ª Legislatura. As demandas do bairro também poderão ser apresentadas na Tribuna Popular que será instalada em um plenário, montado no Centro Cultural Povos da Amazônia.

Outros serviços, como o atendimento de concessionárias de água e energia elétrica, castração de animais e emissão de documentos também estão confirmados para esta edição.

Na primeira edição, foram ofertados mais de 30 serviços gratuitos em 16 horas de atividades com a parceria de órgãos da Prefeitura de Manaus e Governo do Estado, além de empresas da iniciativa privada. Mais de 8,3 mil atendimentos foram realizados durante o evento que contou com uma estrutura de 700m².

*FOTOS: Diego Caja – Dicom/CMM*

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *