14/07/2024

Adjuto Afonso reitera urgência em desbloquear BR 317 no Sul do Amazonas

         

O bloqueio já resulta no desabastecimento de produtos essenciais para os moradores de Boca do Acre e Pauini

Em pronunciamento nesta terça-feira, 6, o deputado Adjuto Afonso (União Brasil), voltou a falar sobre a interdição da BR 317, causada por indígenas daquela região. A área continua bloqueada e já resulta no desabastecimento de produtos essenciais para moradores de Boca do Acre (a 1,5 km de Manaus) e Pauini (a 924 km de Manaus). O parlamentar tornou a fazer um apelo ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e informou que já está em contato também com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para uma solução imediata.

O deputado explicou que todo produto comercializado nesses dois municípios vem do Estado do Acre, especificamente da capital, Rio Branco, como por exemplo, o Petroleo, que segue via Porto Velho (RO) para a capital do Acre, sendo direcionado, então, para Boca do Acre e Pauini.

“Esse assunto está preocupando não só os moradores de Boca do Acre, mas também de Pauini. Ontem recebi uma correspondência da Câmara de Pauini, dizendo da preocupação porque a cidade já está desabastecida, por exemplo, de gás, gasolina, da mesma forma que Boca do Acre. Eu quero fazer um apelo novamente ao DNIT, já conversei ontem com o pessoal de lá, estamos entrando em tratativas também com o Ibama para que possam ter uma solução favorável a esses moradores desses municípios”, ressaltou o deputado Adjuto.

Ele disse, ainda, que esteve na região na semana passada, se deslocando até o trecho bloqueado e presenciou situações que geram realmente preocupação com abastecimento.

“Eu estive lá semana passada, fui na estrada até o bloqueio, que é justamente a área que não foi asfaltada, algo em torno de 40 km. Não houve um acordo entre os indígenas e o Estado, e essa área ficou sem asfalto. Precisamos que o governo arranje imediatamente uma solução para desobstruir, senão nós vamos ter problemas sérios de abastecimento nos dois municípios. Eu encontrei carretas com produtos perecíveis que lá estavam a mais de 24h e tiveram que voltar para a capital do Acre”, revelou o parlamentar.

Adjuto Afonso também apelou à bancada amazonense para interferir na situação junto ao governo federal.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Adjuto Afonso

Foto: Ney Xavier

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *